quinta-feira, 16 de junho de 2011

Oração da Couraça de São Patrick


   Hoje me levanto com poderosa força e invoco à Santíssima Trindade com trinitária fé professando a unidade do Criador e da criatura.

    Hoje me levanto com a força do nascimento de Cristo graças a seu batismo, com a força de sua crucificação e morte, com a força de sua ressurreição e ascenção, com a força de seu retorno no dia do juízo.

   Hoje me levanto com a força do amor do querubim, obediente ao anjos, a serviço dos arcanjos, na esperança da ressurreição para encontrar consolo com as orações dos patriarcas, as predições dos profetas, os ensinamentos dos apóstolos, a fé dos confessores, a inocência das santas virgens, os feitos dos homens de bens.

   Hoje me levanto com a força dos céus: a luz do sol, o brilho da lua, o esplendor do fogo, a velocidade do trovão, a rapidez do vento, a profundidade dos mares, a permanência da terra, a firmeza da rocha.

    Hoje me levanto com a força de Deus que me guia: sua grandeza que me apóia, sua sabedoria que me guia, seu olho que me cuida, seu ouvido que me escuta, sua palavra que me fala, sua mão que me defende, seu caminho para seguí-lo, seu escudo para proteger-me, sua eucaristia para livrar-me das armadilhas do demônio, da tentação dos vícios, daqueles que me desejam mal, longe ou perto, só ou acompanhado.

    Invoco hoje todo estes poderes para que se levantem entre mim e estes males, contra todos os cruéis e infames poderes que desejam o mal para meu corpo e alma, contra as invocações dos falsos profetas, contra as nefastas leis da pagania, contra as falsas leis da heresia, contra as artes da idolatria, contra os feitiços de bruxas, quiromantes e feiticeiros, contra todo conhecimento que corrompa o corpo e a alma.

    Cristo que me proteja hoje contra o veneno, contra o fogo, contra morrer afogado, ser ferido para que assim venha a mim abundante consolo.

Cristo comigo,
Cristo à minha frente,
Cristo atrás de mim,
Cristo em mim,
Cristo abaixo de mim,
Cristo sobre mim,
Cristo a minha direita,
Cristo a minha esquerda,
Cristo quando durmo,
Cristo quando descanso,
Cristo quando me levanto,
Cristo no coração de todo homem que pense em mim,
Cristo na boca de quem fale de mim,
Cristo em todos os olhos que me vêem,
Cristo em todo ouvido que me ouve.

Hoje me levanto com poderosa força e invoco à Santíssima Trindade com trinitária fé professando a unidade do Criador e da criatura.
Amém!




9 comentários:

  1. Rezo quase todos os dias. A oração é poderosa!
    Inez

    ResponderExcluir
  2. Rezo esta oração todos os dias.Começo o meu dia mais confiante.

    ResponderExcluir
  3. Que maravilha de oração...

    ResponderExcluir
  4. REALMENTE!ESTA ORAÇÃO É UMA COURAÇA,UM VERDADEIRA ARMADURA,QUE NOS REVESTIMOS,DOS PODERES,DAS FORÇAS DO PAI,DO FILHO E DO ESPÍRITO SANTO,CONTRA TODO E QUALQUER ;MAL!DEUS SEJA LOUVADO,POR ESTA ORAÇÃO,POR ESTA CONVERSA COM O PAI,ATRAVÉS DE SEU DEVOTO FILHO,SÃO PATRÍCIO,E POR TODOS NÓS QUE ORAMOS,REZAMOS,PEDINDO SUAS BENÇÃOS,E PROTEÇÃO,AMÉM !

    ResponderExcluir
  5. Eu amei essa oração mto forte e poderosa...

    ResponderExcluir
  6. A oração é maravilhosa. A tradução aqui pastada é péssima, cheia de erros de português também.

    Minha sugestão ao administrador do blog é que busque uma tradução melhor que possa realmente transmitir a beleza da versão em Inglês. Essa oração foi escrita em forma de poesia e é um tesouro bem guardado pelos Irlandeses. Tenhamos respeito por ela.


    ResponderExcluir
  7. Eis aqui uma tradução em bom português

    Esta oração, que deve ser rezada todas as manhãs, foi escrita originalmente em Gaélico em meados do século V por São Patrício, e recebeu esse nome por seu enorme poder de proteção contra inimigos dos mundos físico e espiritual. É, também, considerada a mais antiga expressão de poesia vernácula européia.

    Levanto-me, neste dia que amanhece,
    Por uma grande força, pela invocação da Trindade,
    Pela fé na Tríade,
    Pela afirmação da unidade
    Do Criador da Criação.

    Levanto-me neste dia que amanhece,
    Pela força do nascimento de Cristo em Seu baptismo,
    Pela força da crucificação e do sepultamento,
    Pela força da ressurreição e ascensão,
    Pela força da descida para o Julgamento Final.

    Levanto-me, neste dia que amanhece,
    Pela força do amor dos Querubins,
    Em obediência aos Anjos,
    A serviço dos Arcanjos,
    Pela esperança da ressurreição e da recompensa,
    Pelas orações dos Patriarcas,
    Pelas previsões dos Profetas,
    Pela pregação dos Apóstolos
    Pela fé dos Confessores,
    Pela inocência das Virgens santas,
    Pelos actos dos Bem-aventurados.

    Levanto-me neste dia que amanhece,
    Pela força do céu:
    Luz do sol,
    Clarão da lua,
    Esplendor do fogo,
    Pressa do relâmpago,
    Presteza do vento,
    Profundeza dos mares,
    Firmeza da terra,
    Solidez da rocha.

    Levanto-me neste dia que amanhece,
    Pela força de Deus a me empurrar,
    Pela força de Deus a me amparar,
    Pela sabedoria de Deus a me guiar,
    Pelo olhar de Deus a vigiar meu caminho,
    Pelo ouvido de Deus a me escutar,
    Pela palavra de Deus em mim falar,
    Pela mão de Deus a me guardar,
    Pelo caminho de Deus à minha frente,
    Pelo escudo de Deus que me protege,
    Pela hóstia de Deus que me salva,
    Das armadilhas do demónio,
    Das tentações do vício,
    De todos que me desejam mal,
    Longe e perto de mim,
    Agindo só ou em grupo.

    Conclamo, hoje, tais forças a me protegerem contra o mal,
    Contra qualquer força cruel que ameace meu corpo e minha alma,
    Contra a encantação de falsos profetas,
    Contra as leis negras do paganismo,
    Contra as leis falsas dos hereges,
    Contra a arte da idolatria,
    Contra feitiços de bruxas e magos,
    Contra saberes que corrompem o corpo e a alma.

    Cristo guarde-me hoje,
    Contra veneno, contra fogo,
    Contra afogamento, contra ferimento,
    Para que eu possa receber e desfrutar a recompensa.
    Cristo comigo, Cristo à minha frente, Cristo atrás de mim,
    Cristo em mim, Cristo em baixo de mim, Cristo acima de mim,
    Cristo à minha direita, Cristo à minha esquerda,
    Cristo ao me deitar,
    Cristo ao me sentar,
    Cristo ao me levantar,
    Cristo no coração de todos os que pensarem em mim,
    Cristo na boca de todos que falarem em mim,
    Cristo em todos os olhos que me virem,
    Cristo em todos os ouvidos que me ouvirem.

    Levanto-me, neste dia que amanhece,
    Por uma grande força, pela invocação da Trindade,
    Pela fé na Tríade,
    Pela afirmação da Unidade,
    Pelo Criador da Criação.

    .

    ResponderExcluir